Vice-presidente da OAB diz que não há impedimento para indicação de Moro ao STF

O vice-presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Luiz Viana Queiroz disse ao BNews, na manhã deste sábado (1º), que não vê impedimento constitucional para a indicação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, a uma cadeira no Supremo Tribunal Federal (STF).

Para ele, “essa é uma atribuição constitucional do presidente da República e, portanto, se ele escolher alguém que satisfaça os requisitos constitucionais, notório saber e idoneidade moral, não há nenhum impedimento”.

Na noite desta sexta-feira (31), Jair Bolsonaro voltou a dar indícios de que indicaria o nome de Moro à uma das vagas no Supremo. Os bastidores apontam que essa seria uma estratégia do presidente para limar um possível adversário nas eleições de 2022, uma vez que o nome do ministro é forte e tem sido debatido.