O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse hoje (2), através do Twitter, que Brasil e Argentina desvalorizaram “massivamente” suas moedas e que isso causará o retorno das tarifas de importação sobre o aço e o alumínio dos dois países. A iniciativa, segundo o presidente americano, tem efeito imediato. “Brasil e Argentina têm presidido uma desvalorização massiva de suas moedas. O que não é bom para nossos agricultores”, escreveu Trump. “Portanto, com efeito imediato, restaurarei as tarifas de todos os aços e alumínio enviados para os EUA a partir desses países”, acrescentou.

“O Federal Reserve [banco central dos EUA] deveria agir da mesma forma, para que países, que são muitos, não se aproveitem mais nosso dólar forte, desvalorizando ainda mais suas moedas. Isso torna muito difícil para nossos fabricantes e agricultores exportarem seus produtos de maneira justa”, disse o americano.

Em agosto do ano passado, o governo americano, por ordem de Trump, anunciou uma flexibilização nas cotas de importação de aço e alumínio que excedam as cotas livres do pagamento das sobretaxas impostas pelo governo dos Estados Unidos em março do mesmo ano. Com isso, as empresas americanas que comprarem aço do Brasil não iriam precisar pagar 25% a mais sobre o preço original, caso comprovem falta de matéria-prima no mercado interno. A iniciativa ocorreu após pressão da indústria americana.

*M1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui