O adolescente de 17 anos que foi apontado pela polícia como suspeito de participação no planejamento do ataque à Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, foi ouvido pelo Ministério Público na manhã de hoje (15) e liberado. O jovem, que não teve o nome divulgado, se apresentou no fórum de Suzano e foi ouvido pelo promotor Rafael do Val, nomeado pela Procuradoria-Geral de Justiça para comandar a investigação. A Polícia Civil informou ontem que havia encaminhado à Justiça o pedido de apreensão do jovem suspeito. (Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui