Em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (05/06) no Pena Branca Hotel, o prefeito de Santo Antônio de Jesus, Rogério Andrade (PSD) e o secretário de saúde do município comentaram sobre reuniões com os setores empresariais da cidade, explicando que por enquanto, não existe a possibilidade de fechamento do comércio, após a confirmação de 2 mortes pela covid-19 no município.

O gestor declarou que após se reunir com todos os seguimentos, a decisão correta seria iniciar o fechamento, mas ainda dialogará com o restante dos comerciantes, “depois de uma conversa com as entidades empresariais, ficou explicito o entendimento que a iniciativa da prefeitura da possibilidade de paralisar, era uma iniciativa bastante acertada. Possibilitamos os comerciários e os empresários o tempo para eles se organizarem para um fechamento definitivo do comércio. Estamos dialogando com todos os seguimentos”, declarou.

Barreiras Sanitárias:

Após ser questionado sobre as barreiras sanitárias da cidade, o gestor declarou que todos tem opiniões sobre o caso e que todos serão ouvidos para tomar decisões, “quando a população entende que nos devemos enrijecer as barreiras sanitárias, o Ministério Público vem numa linha inteligente defendendo que não existem barreiras sanitárias em Santo Antônio de Jesus, tudo tem opiniões diversas, temos que ter serenidade para ouvir a todos”, disse.

Veracidade dos boletins epidemiológicos:

Alguns cidadãos reclamam do boletim epidemiológico da cidade, onde afirmam que nele não constam todos os casos registrados na cidade. Sobre o assunto, o secretário Leandro Lobo pontuou que a população pode confiar no Boletim, e explicou o porque: “todo boletim epidemiológico precisa ser cercado de transparência, lucidez e calma. Temos o compromisso de não fugir da veracidade, nem negar casos, óbitos e internamentos. Quero tranquilizar a população, a montagem do boletim é limitado, por exemplo, agora recebemos 4 admissões no hospital, mas não quer dizer que necessariamente são da covid-19, entretanto, mesmo assim estamos nos prontificando e testando todos. Mesmo após um óbito, temos que esperar a confirmação dos testes, para poder divulgar nos boletins. Vários casos internados são da região, não apenas de Santo Antônio de Jesus, temos que diferenciar também os casos que não são da Covid-19. Confiem no Boletim Epidemiológico”, concluiu o secretário.

Reportagem: Voz da Bahia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui