Uma das formas para diagnosticar o coronavírus durante a pandemia da doença é através da testagem rápido, inclusive, utilizada por prefeituras de todo o país para impedir o avanço do vírus nos municípios. Conforme relatos de moradores da cidade de Santo Antônio de Jesus (SAJ), no interior da Bahia, lá não se encontra a ferramenta em postos de saúde e não há oferta de testagem em pontos volantes. 

A reportagem encontrou o aviso de licitação para a aquisição de dois mil testes feito no dia 27 de abril pela Prefeitura, no dia seguinte, 28 de abril, a convocação saiu para uma empresa de Belo Horizonte, Dimalab Eletronics do Brasil EIRELI. Um denunciante disse que cinquenta dias após a convocação, os casos de coronavírus seguem crescendo em SAJ e não há orientação sobre onde localizar os testes. 

Confira os processos: 

SAJ: População reclama de dificuldade para realizar o exame de Covid-19 1

A assessoria de comunicação da prefeitura informou que, até o momento, as empresas convocadas desistiram do processo. Então, as empresas seguintes classificadas estão sendo convocadas, ou seja, o processo licitatório (pregão eletrônico) para aquisição de 2 mil novos testes está em andamento, portanto, nenhum valor foi pago pelos cofres públicos, referente a este processo. 

Em nota, a prefeitura esclareceu que “no mês de abril, foi inaugurado o Centro de Testagem do Município, na Policlínica Municipal Dr° Antônio Albuquerque, onde até o momento já foram realizados 1.030 testes rápidos, sendo 635 em profissionais de saúde. Vale lembrar que, conforme necessário, os testes são descentralizados para as Unidades de Saúde da Família”.

O órgão ainda disse que “é importante ressaltar que o uso do teste rápido (TR) objetiva auxiliar no diagnóstico e encerramento adequado dos casos de COVID-19. Entretanto, o resultado do TR, isoladamente, não confirma e nem descarta completamente o diagnóstico de COVID-19. Devendo o resultado do TR ser interpretado pelo médico, associado aos sinais e sintomas, situação epidemiológica e exames complementares sendo, portanto, diagnóstico clínico”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui