Mulher reclama da falta de cuidadora na Escola Cefira Bailão Diniz em Santo Antônio de Jesus. A mulher de prenome Amanda relatou que ao chegar à escola, a professora mandou levar seu filho que é autista de volta para casa por falta de cuidadora, “Fui à Secretaria de Educação e me informaram que ainda está em processo seletivo. Todo ano esse mesmo desgaste, é uma humilhação para mim que sou mãe. Como é que começam as aulas sem essa cuidadora na escola? A gente não vê inclusão nenhuma no nosso município”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui