O governador da Bahia, Rui Costa (PT), fez uma série de críticas ao governo Bolsonaro e admitiu que não vê possibilidade de realizar o Carnaval em 2021. Ele também criticou o movimento de flexibilização do isolamento social justamente no momento de pico da pandemia do novo coronavírus. Segundo o gestor, “não dá para imaginar show com 50 mil, 30 mil pessoas, como a gente costuma ver”. “Não é possível o poder público autorize isso. Não acho que, em nenhum lugar do mundo, será autorizado. Não vejo como autorizar evento de massa com o vírus circulando. A não ser que a gente queira que mais cinco mil, dez mil pessoas morram para a gente fazer uma festa de Carnaval”, declarou. (Achei Sudoeste)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui