O Ministério da Cultura de Portugal confirmou que o Prêmio Camões será entregue a Chico Buarque no dia 25 de abril de 2020, em Lisboa. Segundo o ministério, a entrega está garantida mesmo que o presidente Jair Bolsonaro não assine o diploma da condecoração.

A data, a mesma da Revolução dos Cravos, foi escolhida pelo cantor. Segundo as autoridades portuguesas, a parte financeira da premiação foi resolvida em junho, e a assinatura do diploma pelo presidente é apenas uma formalidade. Isso não impede a entrega e a cerimônia.

Chico Buarque foi anunciado vencedor do Prêmio Camões 2019 no dia 21 de maio, após reunião do júri, na Biblioteca Nacional, no Rio. O prêmio, de 100 mil euros, é dividido entre Portugal e Brasil.

Em outubro, ao ser questionado por jornalistas em frente ao Palácio da Alvorada se assinaria o diploma do prêmio, Bolsonaro disse: “Eu tenho prazo? Então 31 de dezembro de 2026, eu assino”.

Metro1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui