Primeira mulher a compor o Superior Tribunal de Justiça (STJ), a jurista baiana Eliana Calmon afirmou que encara com “muita preocupação” a crise entre o Ministério Público Federal e o Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo ela, o STF nunca esteve “tão exposto”.

“Vejo com muita preocupação. Por que? Porque eu nunca vi o Supremo tão exposto como está agora. Já vi muita coisa. A nação inteira está em estado de perplexidade. Juristas, não juristas, cidadãos simples… todos sem compreender como a Corte suprema, a cúpula do poder judiciário , pode chegar a esse ponto de cometer ilegalidades. Essa é a sensação da população brasileira. Ou seja, nós não estamos mais acreditando no nosso Supremo Tribunal Federal”, ressaltou em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia, publicada nesta segunda-feira (22).

Bahia.ba

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui