O Ministério da Educação quer elaborar um projeto-piloto de implantação de ensino integral com turmas do 6º ao 9º ano do ensino fundamental de 40 escolas em 2020. De acordo com uma nota divulgada no site oficial do MEC nesta quinta-feira (26), o secretário de Educação Básica, Janio Macedo, afirmou que a proposta é trabalhar com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) “para desenvolver um programa que será lançado oficialmente em 2021”.

Um dos objetivos é combater a evasão escolar. “Se analisarmos o nosso percurso educacional, vamos verificar que, do 5º ano para o 6º ano do ensino fundamental e do 9º ano para a 1º série do ensino médio, perdemos muitos estudantes. Seja por abandono ou repetência”, explicou ele.

Com relação ao ensino médio, o secretário disse que o programa Ensino Médio em Tempo Integral deve ser ampliado para 500 novas escolas e 40 mil novas vagas, chegando a um total de 1.527. No início do ano, 9,5% das matrículas no ensino médio eram em tempo integral.

Já na Educação de Jovens e Adultos (EJA), Macedo disse que o objetivo do MEC é “que todo o conteúdo esteja ligado ao ensino técnico e profissional”. Segundo o secretário, “o que prende essas pessoas a continuarem seus estudos mesmo fora da idade correta é a oportunidade de desenvolverem um novo ofício”.

(Bahia.Ba)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui