Um homem que foi baleado no final de janeiro deste ano, em Santo Antônio de Jesus, não resistiu aos ferimentos e morreu nesta última segunda-feira (10). Ele estava internado no Hospital Regional. A vítima foi identificada pelo prenome Joan, vulgo Kequinha. Segundo o delegado Adilson Bezerra, titular da 4ª COORPIN, Joan já tinha passagens pela polícia no município por assalto, tráfico de drogas, tentativa de homicídio e porte ilegal de arma, “Ele passou quase oito anos preso, tinha saído há cerca de dez dias e foi baleado”, disse o delegado. Até esta última terça-feira (11), Santo Antônio de Jesus tinha registrado oito mortes. O número agora sobe para nove com a morte de Joan. Em janeiro foram registradas quatro mortes, três delas por arma de fogo e uma por arma branca. O mesmo número se repetiu neste mês de fevereiro. A última morte aconteceu no Bairro da Salgadeira. Outros crimes na cidade aconteceram no Bairro da Rádio Clube, Avenida Beira Mar, Bairro do Mutum, Loteamento Salomão, Avenida Juracy Magalhães, Rua da Cancela e Canta Galo, zona rural do município. Houve também várias tentativas de homicídios. Os homicídios seguem em investigação pela Polícia Civil. No ranking das cidades com mais homicídios em 2019, Santo Antônio de Jesus ocupou a 12ª posição, registrando 34 assassinatos no ano.

Infosaj

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui