O Governo Federal está em busca de uma solução para conseguir financeiramente com a ampliacação do número de beneficiários do Bolsa Família.

Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, atualmente cerca de 17 milhões de crianças de famílias em situação de pobreza estão sem acesso ao programa.

As propostas para o custeio já foram enviadas ao Ministério da Economia, que vai buscar de onde tirar os recursos que serão alocados no Bolsa Família. Uma das possibilidades é transferir os gastos públicos encarados como desnecessários, como o abono salarial.

BNews.
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui