Frente fria atinge Salvador e rajadas de vento chegam a 50km/h; Chuvas continuam até sexta

0
25

O superintendente da Defesa Civil de Salvador, Sóstenes Macedo, conversou com a reportagem do BNews nas primeiras horas desta quinta-feira (6) após uma frente fria atingir a capital baiana e a região metropolitana, causando estragos e preocupação à população.
Segundo ele, choveu 100 milímetros em 12 horas, “o que é algo relevante e tivemos fortes ventos 38km e rajadas de vento de mais de 50km/h”. “Tivemos das 0h até agora 22 ocorrências solicitadas através do SGDC, nosso sistema de gestão da Defesa Civil – que se dá através do telefone 199. Destas, dois alagamentos de imóvel para fazer vistoria, três solicitações para vistoria de ameaça de desabamento, uma árvore ameaçando cair, três árvores caídas, um desabamento de imóvel para vistoriar, dois deslizamentos de terra, quatro destelhamentos e aí se dá, sobretudo, por conta dos forte ventos. Cinco solicitações de orientação técnica e um poste ameaçando cair”, afirmou. Sóstenes ressalta que as equipes continuam realizando as vistorias. “Passamos a madrugada aqui. Eu, o coordenador de contingência e os plantonistas em campo e também nossos operadores para, justamente, estarmos monitorando este avanço da chuva. A previsão é de que hoje continue chovendo e amanhã também. A perspectiva é de que comece a desintensificar a partir desta sexta-feira (7). Mas, isso é uma tendência e não é algo seguro. Então, os nossos metereologistas farão novas análises ainda hoje para saber o desdobramento desta frente fria que chegou na cidade ontem e veio da região sudeste”, disse. Estragos
Uma cratera se abriu próximo do monumento das Gordinhas, na Avenida Adhemar de Barros, no bairro de Ondina, em Salvador, na manhã desta quinta-feira (6). Não há registro de feridos. Na cratera, é possível ver o rompimento de uma tubulação. De acordo com meteorologistas, o mau tempo é provocado pelo sistema de alta pressão, que está empurrando as nuvens da frente fria para o continente. A chuva deve se estender até o fim de semana e atingir a capital baiana, região metropolitana, recôncavo e litoral norte. A Defesa Civil de Salvador (Codesal) informou que há risco de alagamentos e deslizamentos. O órgão permanece com o plantão 24 horas, atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.
Interatividade
Registrou alagamentos, desabamentos, árvores caída e outros estragos da chuva? Mande fotos ou vídeos para nosso whatsapp: (71) 98151-6184. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui