O sargento reformada da Polícia Militar Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Queiroz, suspeitos de assassinar a vereador do PSOL Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes prestarem o primeiro depoimento desde que foram presos, em março. A informação foi divulgada ontem (5) pelo O Globo.

De acordo com o jornal, o interrogatório durou cerca de quatro horas e foi feito por meio de videoconferência. Na ocasião, a dupla negou participação no crime.

A sessão foi comandada pelo juiz do 4º Tribunal do Júri, Gustavo Kalil. Agora, caberá a ele decidir se o caso vai ao Tribunal do Júri. 

Metro1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui