Se o filho mais velho do presidente da República, o senador Flávio Bolsonaro, já tem prometida a sua vaga como vice no partido ainda não criado Aliança do Brasil, o mais novo Eduardo Bolsonaro pode presidir uma fundação ligada à legenda. 

Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o deputado federal pretende seguir os moldes do Herritage Foundation, instituição estadunidense que promove e discute políticas públicas conservadoras, de valores tradicionais e que prega o estado mínimo.

“A ideia seria começar a trabalhar agora o candidato, para que ele saiba defender os princípios conservadores do partido”, explicou ele.

O filho 03 de Jair Bolsonaro garantiu ainda, que naõ tem interesse em se tornar presidente de diretórios da nova legenda, que depende do recolhimento de 500 mil assinaturas – até o momento físicas – para ser oficializado.

A partir da próxima segunda-feira (25), o Aliança pelo Brasil deve publicar peças publicitárias para orientar os apoiadores na criação do partido.

BNews.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui