O número de casamentos entre pessoas do mesmo sexo, na Bahia, registrou alta maior do que as uniões entre homens e mulheres.

Os dados correspondem ao período de 2017 a 2018 e são parte das Estatísticas do Registro Civil 2018, divulgadas hoje (4) pelo IBGE.

O total de registro das uniões homoafetivas pouco mais que duplicou no estado, em apenas um ano, passando de 140 em 2017 para 288 no ano passado, o que configura um aumento de 105,7%.

Ainda assim, como ocorre no país como um todo, as uniões entre mulheres e homens ainda são dominantes no estado e representaram, em 2018, 99,6% do total de casamentos registrados. O número de casamentos entre pessoas de sexos diferentes chegou a 68.335, o que corresponde a um crescimento de 6,0% em relação a 2017.

Considerando os casamentos LGBT, a Bahia teve o terceiro maior aumento percentual entre os estados, atrás somente dos verificados em Pernambuco e Alagoas.

No Brasil como um todo, embora o total de casamentos tenha diminuído entre 2017 e 2018, as uniões entre pessoas do mesmo sexo aumentaram 61,7%, passando de 5.887 para 9.520.

A maior parte dos casamentos de pessoas do mesmo sexo oficializados na Bahia foram entre duas mulheres (170). Já os casamentos entre dois homens somaram 118.

Entre os 288 casamentos entre pessoas do mesmo sexo oficializados no ano passado no estado, 172 ocorreram em Salvador (seis em cada 10 uniões), sendo 100 entre mulheres e 72 entre homens.

BNews.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui