O presidente Jair Bolsonaro prepara a recriação do Ministério da Segurança Pública, integrado à pasta da Justiça desde o início do governo atual, com o objetivo de obter maior apoio e aproximação de policiais militares na sua gestão. A informação é do Estadão.

Parte da categoria reclama por não ter um representante entre os ministros que defenda seus interesses, como acontece com outros grupos, a exemplo dos evangélicos e militares das Forças Armadas.

Representantes da PM enxergam que a volta do órgão da Segurança e um comando ligado à categoria podem ajudar a intensificar apoio da corporação ao presidente. Entre os nomes que poderiam assumir o ministério, o mais forte é o do ex-deputado Alberto Fraga (DEM), amigo de longa data e ex-colega no Exército de Bolsonaro.

*M1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui