O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta sexta-feira (23) um decreto de GLO (Garantia da Lei e da Ordem) que autoriza as Forças Armadas e intervierem na Amazônia, que passa uma série de queimadas que vêm repercutindo no mundo inteiro.

O documento foi publicado numa edição extra do Diário Oficial, e diz que militares poderão atuar em “áreas de fronteira, terras indígenas, unidades de conservação ambiental e em outras áreas da Amazônia Legal”. O decreto é válido até 24 de setembro.

A medida foi um pedido protocolado pelo governador de Roraima Antonio Denarium  (PSL), que deve ser endossado por outros governadores da região Norte.

Bahia Noticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui