Início Site

Simone e Simaria lançam clipe da música gravada com Marília Mendonça

0

Gravado no início de agosto, o clipe que reuniu Simone e Simaria e Marília Mendonça foi lançado nesta terça-feira (1º). A produção foi da música “O Que É, O Que É?”, composta pelo baiano Tierry, e contou com a participação de artistas e influenciadores como Rafael e sua esposa, Débora Cunha, Lexa, Jotinha, Maax Bezerra e Gkay.
Com uma letra pra lá de divertida, as irmãs ainda trouxeram um grande elenco para participar no videoclipe, que tem direção de João Monteiro e produção de Toti Higashi.

Bnews.

Chuva deixa cinco mortos no sul do Espírito Santo

0

As fortes chuvas que atingem o sul do Espírito Santo desde ontem (17) deixaram cinco mortos no estado. No município de Alfredo Chaves, onde foi registrado o maior volume de chuvas (foram 249,2 milímetros nas últimas 24 horas), três pessoas morreram, duas delas soterradas após o desabamento de uma casa. Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social estadual, na cidade de Iconha, foram registradas duas mortes em decorrência da chuva.

Os municípios também contabilizam prejuízos. Em Iconha, uma passarela desabou, o hospital Danilo Monteiro de Castro foi inundado até o segundo andar, além de carros e árvores arrastados pela correnteza. Em Alfredo Chaves, barreiras caíram na localidade de São Marcos e há pontos de alagamento em toda a cidade.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, houve deslizamento de terra na BR 101, na altura do quilômetro 434, e a pista ainda está parcialmente interditada. Na BR 262, foi registrado deslizamento próximo ao quilômetro 78, e a via também segue parcialmente interditada.

O governador do Espirito Santo, Renato Casagrande, acompanhou na manhã deste sábado (18) no município de Iconha o trabalho das equipes da Defesa Civil Estadual e do Corpo de Bombeiros na assistência às pessoas atingidas pelas fortes chuvas. Casagrande afirmou que o governo vai dar apoio ao município e às pessoas afetadas.

“No primeiro momento, vamos dar suporte a quem precisa de abrigo. Vamos ofertar água potável, alimento, materiais de higiene pessoal, colchões e medicamentos. Muitas casas estão sem água, então vamos disponibilizar caminhões-pipa e a Cesan [Companhia Espírito Santense de Saneamento] vai ajudar na limpeza das ruas. Estamos em contato com a ECO 101 [EcoRodovias] para que possam ajudar na retirada dos carros, pois muitos foram arrastados”, disse, em nota.

O diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CENAD) da Defesa Civil Nacional do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Armin Braun, chegará hoje (18) no estado para auxiliar a Defesa Civil local.

Em publicação nas redes sociais, o Ministro do MDR, Gustavo Canuto, afirmou que  “Avisei ao governador que o presidente @jairbolsonaro oferece toda ajuda necessária à população capixaba.”

Segundo a coordenação de meteorologia do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), há previsão de pancadas de chuva em alguns momentos do dia nas regiões Sul, Serrana, Grande Vitória, Nordeste e Noroeste do estado.

Moradores esquartejam homem acusado de estupro e exibem linchamento ao vivo pelo Facebook

0

Um grupo de moradores do município de Fonte Boa, no Amazonas, invadiu uma delegacia para matar um homem acusado de estupro e exibiu todo linchamento, ao vivo, através do Facebook, na madrugada deste sábado (18).

O homem estava detido acusado de oferecer R$ 40 para uma menina de 10 anos, em troca de relações sexuais. Segundo a polícia, ela teria sido estuprada e asfixiada ao tentar fugir.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, as imagens mostram o prédio da delegacia depredado e parcialmente incendiado. O corpo do homem é queimado pelos moradores e um deles aparece golpeando o cadáver com um facão.

O vídeo já foi removido pelo Facebook, por violar as políticas da rede social.

Aliança pelo Brasil tem menos de 80 dias para participar das eleições em 2020

0

O Aliança pelo Brasil corre contra o tempo para participar das eleições em 2020, o possível novo partido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e seus apoiadores, terá que bater o recorde do PSD (193 dias), de Gilberto Kassab, para que possa disputar as eleições em 2020. 

Resta para Bolsonaro e seus aliados apenas 77 dias para concluir a criação do partido.

Normalmente, o que leva mais tempo no processo de criação de uma nova legenda é a coleta de assinaturas (processo já iniciado no Aliança pelo Brasil).

Segundo a lei nº 9.096/1995, são necessárias assinaturas correspondentes a 0,5% dos votos válidos da última eleição geral para a Câmara, sendo assim, seriam necessárias no mínimo 492.015 assinaturas para validar o novo partido.

De acordo com um levantamento do site PODER 360, na criação dos últimos 10 partidos, a média de tempo da tramitação, que acontece apenas após o envio das assinaturas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), é de 220 dias.

Uma hipótese aventada por um dos advogados do presidente, Admar Gonzaga, ex-ministro do TSE, foi a assinatura eletrônica que foi endossada pelo TSE, que decidiu por quatro votos a três, no dia 3 de dezembro, autorizar o uso de assinaturas eletrônicas, além das assinaturas em papel, para a criação de um novo partido político.

Contudo, o TSE também entendeu que a nova modalidade só poderia ser aceita depois que o tribunal estabelecesse regras para regulamentar o funcionamento. Sendo assim, é necessário que a aprovação de uma resolução pelo plenário do TSE, que ainda não tem data prevista e assim, não é possível afirmar se a nova modalidade será utilizada em 2020.

Para agilizar o processo de recolhimento das assinaturas, a legenda organizou um calendário de atos até fevereiro em todas as capitais. O presidente deve participar dos atos, seja estando presente ou por live.

Os eventos da legenda devem seguir um roteiro bem definido. Os encontros terão início com a execução do hino nacional, em seguida uma oração, após isso, serão apresentadas as lideranças que compõem a mesa e depois desse processo, umas das lideranças fará explicação dos valores do partido.

Atualmente no Brasil existem 33 partidos reconhecidos e 77 estão em processo de criação.

Eleições 2020- Principais regras

As datas das eleições serão nos dias 4 e 25 de outubro, para o primeiro e o segundo turno respectivamente. Os eleitores irão às urnas para escolher prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Nas eleições municipais deste ano, estarão proibidas as coligações partidárias para as eleições proporcionais, mas para a disputa majoritária estão liberadas.

Já candidaturas avulsas que deve ser tema discutido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2020, estão proibidas. A Corte já realizou uma consulta pública sobre o tema. A idade mínima para se eleger prefeito ou vice-prefeito é de 21 anos, já para vereador é de 18 anos.

Quanto aos gastos com a campanha, um projeto aprovado pelo Congresso Nacional determina que os limites serão iguais aos de 2016, só que corrigidos pela inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A partir do dia 15 de maio, os pré-candidatos poderão realizar uma arrecadação prévia de recursos por meio de vaquinha eletrônica, mas a liberação do dinheiro ficará condicionada ao registro da candidatura. A doação de pessoas físicas está liberada, contudo, as doações serão limitadas a 10% dos seus rendimentos no ano anterior à eleição.

Já a propaganda eleitoral, a mesma será permitida somente após o dia 15 de agosto, desde que não envolva o pedido claro por voto. A lei eleitoral não considera propaganda eleitoral antecipada o anúncio de pré-candidatura ou a exaltação pelo pré-candidato de suas qualidades pessoais. É proibido por lei a propaganda em outdoors, sejam físicos ou eletrônicos.

No dia da eleição, constituem crimes: O uso de alto-falantes e amplificadores de som ou a promoção de comício ou carreata, a arregimentação de eleitor ou a propaganda de boca de urna, a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos e a publicação de novos conteúdos ou o impulsionamento de conteúdos nas aplicações de internet, podendo ser mantidos em funcionamento as aplicações e os conteúdos publicados anteriormente. No dia da votação, está permitido as manifestações individuais do eleitor.

Presos estão sendo “comidos vivos” por bactéria misteriosa

0

Detentos que estão na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (PAMC), situada em Boa Vista, no estado de Roraima, foram infectados por uma bactéria que está deixando partes do corpo deles em decomposição.

Segundo informações do site Manaus Alerta, até o momento 24 detentos já foram internados no Hospital Geral de Roraima.

Os médicos suspeitam a doença que tenha origem na grande concentração de sarna, sífilis e bicho geográfico no local.

“Infelizmente a situação do sistema penitenciário de Roraima é grave, muito grave. Para você ter uma ideia, dos 24 detentos acometidos com essa doença que está comendo eles vivos, 10 estão internados, o restante está espelhado pelo corredor do Hospital. A situação é muito grave”, disse o advogado e presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB de Roraima, Hélio Abozaglo. Segundo ele, alguns presos já não conseguem andar devido a paralisia nas pernas. 

Ainda não há informações sobre a origem da doença, nem sobre a cura.

Um ano após tragédia em Brumadinho, bombeiros peneiram lama em busca de material genético das vítimas

0

Um ano de após o rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho (MG), que matou 259 pessoas, o Corpo de Bombeiros ainda segue trabalhando para tentar encontrar 11 vítimas que estão desaparecidas.

Segundo reportagem publicada neste sábado (18), no jornal Folha de São Paulo, se antes, quando a lama ainda estava úmida, os bombeiros tateavam o chão em busca de vítimas; hoje, com a lama seca, a terra é peneirada e revisada por três ou quatro vezes.

Em alguns casos, parte do material está em estágio avançado de decomposição e não consegue ter o DNA extraído. Segundo a publicação, de 854 amostras levadas ao Instituto Médico Legal (IML), 81 tiveram resultado inconclusivo e 44 estão em tentativa de coleta do material genético. 

Ainda de acordo com a reportagem, os militares não pararam um dia sequer de trabalhar, nem no Natal. O objetivo é encerrar as buscas somente após o resgate de todas as vítimas, ou até que não haja mais possibilidade de identificação por DNA do material recolhido.

Brasil assina acordo de cooperação agrícola com a Alemanha

0

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, assinou hoje (18) um acordo de cooperação técnica com a Alemanha. O acordo prevê troca de informações, visitas técnicas e financiamento rural entre os dois países.

Durante encontro do Fórum Global da Alimentação e da Agricultura (GFFA), em Berlim, Tereza Cristina e a ministra da Alimentação e Agricultura da Alemanha, Julia Klockner, assinaram uma declaração na qual o Brasil e a Alemanha se comprometeram a buscar uma agricultura sustentável para a demanda global por alimentos.

Na reunião, a ministra brasileira destacou que somente 2,3% do território brasileiro são utilizados para produção agrícola e 10,5% para a pecuária, e a agricultura não pode ser apontada como a vilã dos problemas ambientais ocorridos no mundo.

“Esse acordo vai aproximar mais os dois países. Trocaremos conhecimento e nós poderemos mostrar a tecnologia que desenvolvemos para criar a agricultura tropical brasileira”, disse a ministra, em nota.

Após a reunião do GFFA, a ministra da Agricultura segue para a Índia, onde fará parte da comitiva do presidente Jair Bolsonaro que visitará o país.

Apesar de falha no Enem, governo mantém data do Sisu e corre para evitar estrago maior

0

O MEC (Ministério da Educação) ainda não tem a dimensão do número de participantes do Enem 2019 com notas erradas por causa da falha na gráfica. Mesmo assim, o ministro Abraham Weintraub se apressou em minimizar o impacto do problema e manteve o calendário do Sisu, que seleciona alunos para universidade públicas. 

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), órgão do MEC responsável pela prova, promete ter a situação resolvida até segunda-feira, véspera da abertura das inscrições no Sisu (Sistema de Seleção Unificada). O presidente do Inep, Alexandre Lopes, disse não trabalhar com a hipótese de adiar as inscrições.

O governo identificou a falha nas notas a partir de relatos de candidatos nas redes sociais e aposta numa solução rápida do problema. O Inep disponibilizou um email ([email protected]) para receber reclamações, e Lopes disse que vai analisar todas as mensagens recebidas até a noite de segunda.

Se os questionamentos sobre as notas se avolumarem, porém, o Inep terá dificuldades de garantir a confiabilidade dos resultados.

Weintraub esteve no Inep na manhã deste sábado (18), gravou um vídeo ao lado de Lopes e o publicou em sua conta no Twitter relatando o problema. Não compareceu, entretanto, na entrevista concedida no final da manhã.

O ministro disse a interlocutores que a realização de um Enem sem problemas sempre foi crucial para sua permanência no cargo. A preocupação se tornou ainda maior quando sua saída da pasta passou a ser defendida por vários aliados do governo –o presidente Jair Bolsonaro, entretanto, garantiu sua permanência até agora.

Ministros do alto escalão do governo indicaram que o Palácio do Planalto não foi informado oficialmente sobre os problemas no Enem. Auxiliares do presidente Bolsonaro disseram ter conhecimento do caso apenas pela imprensa.

A avaliação, tanto de integrantes do governo quanto de parlamentares que acompanham o MEC de perto, é a de que é preciso esperar qual será dimensão do episódio para calcular um possível dano maior a Weintraub.

Ministros próximos a Bolsonaro dizem que o vídeo com alusão ao nazismo que derrubou o secretário de Cultura, Roberto Alvim, elevou o sarrafo dos deslizes que são aceitos pelo presidente. De acordo com essa avaliação, uma eventual demissão do ministro da Educação neste momento só viria se os problemas com o Enem não forem solucionados e atingirem um número muito grande de estudantes.

Os primeiros relatos de problemas com a nota começaram a aparecer na noite de sexta-feira (17), quando o MEC liberou o acesso aos participantes. Candidatos com elevado número de acertos se viram com notas baixas.

Inicialmente, o Inep afirmou que se tratava de reflexo do modelo matemático adotado pelo exame, a TRI (Teoria da Resposta ao Item). Com a TRI, a nota final depende também de quais questões foram anotadas como corretas.
Como os relatos se avolumaram, técnicos do Inep, da gráfica Valid (que passou a imprimir a prova no ano passado) e do consórcio aplicador da prova se debruçaram sobre as bases de dados em busca de inconsistências. O trabalho teria ocorrido ainda durante a madrugada de sábado.

Segundo o instituto, foram constatados erros na identificação dos candidatos e da respectiva cor de sua prova. A falha ocorreu na gráfica: os arquivos com essas informações chegaram ao Inep com divergências. O candidato fez a prova de uma cor, mas, nos arquivos encaminhados ao Inep para o cálculo da nota, a nota era corrigida como se fosse de outra cor.

Quatro casos foram confirmados inicialmente, todos em Viçosa (MG). Servidores do órgão foram convocados a comparecer às 8h do sábado no Inep para trabalhar nessa questão.

Pelas análises iniciais do Inep, o problema pode chegar a 1% dos participantes, o que representa cerca de 39 mil pessoas. Segundo Lopes, a conferência prevê várias etapas, inclusive com checagens manuais.

Resultado de sorteio eletrônico para vagas em cursos técnicos é divulgado na Bahia

0

Foi divulgado, neste sábado (18), o resultado do sorteio eletrônico para as 12.395 mil vagas em cursos técnicos na Bahia.

O sorteio ocorreu na sexta-feira (17), no auditório da Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC), localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. A lista dos sorteados já está disponível no Portal da Educação.

Os classificados devem comparecer à unidade escolar para as quais concorreram à vaga, levando: cédula de identidade, CPF, originais e cópias do histórico escolar e comprovante de residência com data recente.

O período da matrícula será entre os dias 29 e 31 de janeiro. Já o início das aulas, está previsto para 10 de fevereiro.

Defensoria Pública da União apura caso de racismo em agência da Caixa em Lauro de Freitas

0

A Defensoria Pública da União (DPU) em Salvador apura denúncia de que um cliente teria sofrido racismo na agência da Caixa Econômica Federal no bairro de Itinga, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS). O órgão solicitou ao banco imagens para auxiliar nas investigações.

De acordo com informações da DPU, a vítima, de 39 anos, contou que, no dia 9 de dezembro de 2019, foi impedido de entrar na unidade e recebeu agressões verbais. Por isso, saiu do local sem conseguir fazer as operações bancárias que faria – pagamento de boleto. 

O cliente relatou ter sido chamado pelos seguranças de “macaco” e ter ouvido expressões como “isso é coisa de negro”. Ele disse ter atendido, mais de uma vez, os pedidos dos seguranças para abrir a mochila e mostrar os itens que carregava. Ainda assim, contou que sua entrada pela porta giratória da agência foi impedida diversas vezes. 

Após deixar a agência sem conseguir fazer os serviços bancários que desejava, sob a justificativa de que não havia senha, o homem registrou boletim de ocorrência na companhia de uma testemunha da situação. Ele foi, ainda, ao Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela (CRNM), onde também registrou o caso.

Ainda sobre o caso, uma testemunha afirmou à polícia que estava na agência com sua esposa e percebeu o tumulto entre os seguranças e a vítima na porta giratória. O homem confirmou ter visto o desre​speito dos seguranças e salientou que essas atitudes são frequentes naquela unidade da Caixa.

O defensor público federal Gabriel César dos Santos afirmou que a DPU está apurando e acompanhando a situação “com preocupação”. “Recentemente tivemos um caso de racismo envolvendo funcionários da Caixa Econômica Federal em Salvador e, ao que parece, estamos diante de um caso semelhante”, afirmou. “Não tenho conhecimento de que a Caixa tenha adotado medidas efetivas para combater o racismo por seus funcionários após esse episódio”, completou. 

Outro caso
Em fevereiro de 2019, um cliente denunciou o gerente de uma agência da Caixa, na Avenida Sete de Setembro, em Salvador, também por racismo. A situação começou depois que a vítima procurou pelo gerente, João Paulo Vieira Barreto, para cobrar atendimento após 6h de espera.

Segundo a denúncia, o gerente-geral acionou o setor de segurança privada para retirar o cliente do estabelecimento. Depois, a Polícia Militar também compareceu à agência e propôs ao gerente que ele e o cliente se dirigissem até a delegacia da região.

Neste momento, segundo a denúncia, João Paulo teria afirmado que não fazia acordo com “esse tipo de gente”, “supostamente se referindo à raça/cor da vítima”, e logo após teria afirmado que somente iria à delegacia, se Crispim Terral saísse algemado da agência.

Ainda conforme a denúncia, após receber um “mata-leão”, a vítima foi retirada da agência pelos policiais militares, e o suspeito foi embora sem se dirigir à delegacia.

O Ministério Publico da Bahia (MP-BA) denunciou à Justiça, por abuso de autoridade e constrangimento ilegal, quatro policiais envolvidos na ação. Além disso, o gerente da agência, que teria acionado os policiais para conter o cliente, foi denunciado pelo MP-BA pelo crime de discriminação racial.

Baiana está entre as participantes do BBB 20

0

A ex-panicat e digital influencer, Mari Gonzalez, é a nova participante do BBB 20. A baiana, de 25 anos, é namorada do ex-BBB, Jonas.

O anúncio da participação dela no reality show foi feito neste sábado (18), através das redes sociais.

“Chega de suspense! Nossa Mari Gonzalez é uma das participantes do #BBB20. Nós estamos muito felizes e com o coração radiante para torcer muito! Vamos com tudo que está só começando”, diz a legenda da publicação.

Siga-nos nas redes sociais

60,698FãsCurtir
3,539SeguidoresSeguir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Ultimos posts

Close