Após entrevista do vereador Uberdan Cardoso sobre o enquadramento dos professores de Santo Antônio de Jesus, o presidente da Câmara, Chico de Dega falou que o ex-prefeito Rogério Andrade fez um estudo e viu que a máquina pública não suportaria. “Esse projeto de enquadramento vem de muitos anos, de outros prefeitos, passou 4 anos de Rogério e ele não fez o enquadramento porque ele fez o estudo e viu que não suportaria a máquina pública. Uberdan sabe disso”, disse ao repórter Itajaí Júnior. De acordo com ele, a atual gestão tem buscado um caminho melhor para atender as demandas da categoria, “ Tudo isso requer um planejamento, um estudo, a Câmara está imbuída com o prefeito para atender as demandas da educação. Os professores merecem nosso respeito e atenção”, explicou. Depois de Uberdan afirmar que o prefeito Genival ‘comprou’ vereadores, Chico de Dega declarou que o prefeito precisa de cargos de confiança, “Não vamos comparar que o prefeito tem cargos de 5 mil porque isso sempre teve na administração pública. Tudo precisa dos cargos de confiança para atender a demanda do município. A máquina pública está entregue na mão de uma pessoa de bem”, salientou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui